sábado, 31 de janeiro de 2009

OS FRUTOS PROMETIDOS

Seguros são os frutos prometidos

Que colherás de tanto semeares,

Entre as searas abertas pelos dedos,

Que o vento ondulará quando quiseres.




Poema: apm

4 comentários:

mariam disse...

Arlindo,

lindo!um 'pensamento' muito especial...
mas, permita-me, na natureza (natural e humana)nada é completamente seguro :)

bom fim-de-semana
um sorriso :)
mariam

Maresia disse...

e o vento que nos espalhe...

sofia b. disse...

não há por aqui "contaminação" dos "haikais" japoneses, depurados, contidos, austeros?

sofia

Mariz disse...

Vou permitir-me - que veleidade -
dar-lhe um conselho:

"Páre, escute e olhe! Um comboio pode esconder outro"!

Pronto...já dei.
ciao amico
Sempre..
Mariz