quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

A SEDA DA SOLIDARIEDADE E DO TALENTO

em trânsito por Setúbal conheci-te ao vivo, simples na tua imensa complexidade,

calcorreámos os caminhos solidários do café central, do círculo cultural, das

colectividades, franqueaste-me a casa, partilhaste os amigos, apoiaste as pequenas

lutas daqueles dias cinzentos, com a tua música e presença...por isso fiquei. tu

partiste antes do tempo...mas ficaste para sempre como um símbolo de generosidade e

talento que agregava, que continua a agregar velhas,novas e contínuas gerações. a

morte saiu à rua num dia cinzento de fevereiro, do velhinho ginásio da escola

comercial...

1 comentário:

Mariz disse...

Salvé!
Eu também...passei com ele em vários fogos de campo na Costa da Caparica apenas aberto a "quem mais ordena"!
Um querido ele, mas reservado - achava-me graça...na altura dizia mais disparates ainda...por espontânea. Agora com a idade...vejo-me com outro "ar" - embora esta criança seja um frenesim!
Até logo!...não...não...! Até pra semana!...Não o vou distrair mais.
Vá lá trabalhar um pouquinho porque já lhe tomei algum do seu tempo precioso.

Abraço meu
Sempre...
Mariz