sábado, 11 de abril de 2009

PERCURSO PERCORRIDO

Foram anos de procura,

Sem curso de marinhagem,

Nem leme ou rumo traçado,

Sem a menor equipagem.


Foram destinos aceites,

Sem uma prévia demão,

Horizontes encobertos,

Sem perceber a razão.


Foram temas de romance,

E heróis mal preparados,

Cavalgadas sem destino,

De antemão fracassadas.




Poema: apm

3 comentários:

sofia b. disse...

A Páscoa é uma viagem como os seus poemas, que muito aprecio, e navegar é preciso...

Joana disse...

Para quando o romance "Flor de Sal" há tanto tempo anunciado?

A poesia é um percurso contínuo, conciso, contido. Autobiográfico por vezes. Não sei quando, nem me preocupa como leitora e visitante assídua do bogue, de que sou fã.

Mariz disse...

Salvé Arlindo!

Gostei dessa "demão"!
Não passava pela cabeça doutros maiores poetas...

grata pelo comentário.

Vim aqui de fugida, porque tenho de visitar outros blogs, já que a net não tem estado de feição...nem consegui ainda responder ao post que antecede o do dia da festa do 1º Aniversário do "sou Pò e Luz" que se realizará dia 17 - último dia de Lua Cheia. Deixo aqui o convite, (clik)para entregar á entrada por causa dos "penetras"!

Abraço carinhoso
Sempre...
Mariz